sábado, 26 de novembro de 2016

"OLHAI OS LÍRIOS DO CAMPO"

Pense comigo!
    Quantos são aqueles, que hoje em dia, se esquecem de aproveitar o tempo com sua família, se atiram como que em uma fúria cega à caça ao dinheiro? Talvez, essa busca pelo “TER”, seja uma das causas principais de muitos dos dramas, injustiças e incompreensões da nossa época. As pessoas esquecem o que tem de mais humano e sacrificam o que a vida lhes oferece de melhor: as relações de criatura para criatura. Do que nos serve construir arranha-céus se não há mais almas humanas para morar neles?
    Lógico que é indispensável trabalhar, pois um mundo de criaturas passivas seria também triste e sem beleza. Precisamos, entretanto, dar um sentido humano às nossas construções. E quando o amor ao dinheiro, ao sucesso, nos estiver deixando cegos, saibamos fazer pausas para olhar os lírios do campo e as aves do céu.
    Creio, que todos nós concordamos que, “há na terra um grande trabalho a realizar. Não podemos cruzar os braços. É indispensável que conquistemos este mundo, não com as armas do ódio e da violência, mas sim, com as armas do amor e da persuasão”. (ÉRICO VERÍSSIMO - Olhai os Lírios do Campo - adaptado)
    A Palavra de Deus nos diz: "Também, descobri por que as pessoas se esforçam tanto para ter sucesso no seu trabalho: é porque elas querem ser mais que os outros. Mas tudo é ilusão. É como correr atrás do vento. Dizem que só mesmo um louco chegaria ao ponto de cruzar os braços e passar fome até morrer. Pode ser. Mas é melhor ter pouco numa das mãos, com paz de espírito, do que estar sempre com as mãos cheias de trabalho, tentando pegar o vento". Eclesiastes 4.4-6
    Portanto, vamos viver a nossa vida de acordo com o que Deus nos ensina e a paz que Ele nos oferece!!
Com carinho, Pastor Leandro Eicholz

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

EU, A FOME e o TRABALHO


        Um dia desses abri uma das portas da prateleira na cozinha e "dei de cara" com um pão mofado. Era daqueles pães de sanduíche. Haviam sido comidas apenas  quatro ou cinco fatias. Logo pensei: "Mais de 80% do pão jogado fora".
        Logo me veio uma sensação ruim. A consciência me acusava ao lembrar que havia tanta gente passando fome. Pensei: "Podia ter dado isso a alguém", mas o tempo se encarregou do estrago.
        Talvez já tenha acontecido algo parecido com você.
- Sei que a fome é mais um problema político;
- Sei que os estudos de geografia econômica revelam que bastaria uma organização melhor e o mundo teria condições de alimentar uma população cinco vezes maior;
- Sei que o dinheiro gasto com pesquisas espaciais poderia resolver grande parte da miséria no mundo;...
Pergunta: Quantas vezes eu me esqueço de agradecer à Deus pelo pão de cada dia?
        Quando eu era pequeno e orava o Pai Nosso, sempre que a petição: "O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DÁS HOJE..." era proferida, me vinha à mente todos os tipos e formas de pães: milho, trigo, centeio, sanduíche, etc. Já no tempo de instrução o pastor me explicou que pão de cada dia significava tudo o que precisávamos para o nosso sustento diário: comida, água, bom tempo (Sol, chuva, frio e calor), família, amigos, calçados, moradia, educação, TRABALHO, etc.
        Já vi gente chorando de barriga cheia, reclamando de tudo. E, eu, volta e meia me incluo nesta lista. Já vi e ouvi pessoas dizendo: "QUERIA DAR UMA SURRA EM QUEM INVENTOU O TRABALHO". Pois bem, tente marcar uma briga com Deus, pois foi Ele quem inventou o trabalho. Nós deveríamos querer dar uma surra em quem inventou a fome, MAS NÃO SERIA FÁCIL BRIGARMOS CONOSCO MESMO.
        Ao invés de brigar, quem sabe a melhor atitude seja desabafar e confessar: "Perdão ó Deus quando vi Tua mão me alimentando diariamente e não agradeci! Perdão ó SENHOR quando tive condições de ajudar e não fiz nada! Perdão ó Deu pela indiferença e pelo coração fechado! Perdão ó Deus quando deixei de agradecer pelo meu TRABALHO, pois graças a ele tenho o PÃO DE CADA DIA".
(Adaptado -  A. Kirchein)
Com carinho, Pastor Leandro Eicholz

terça-feira, 8 de novembro de 2016

SEPARADO DE TI, Ó CRISTO!



SEPARADO DE TI

- Separado de ti, sou uma PLANTA SEM RAÍZES. Minha alma murchará.

- Separado de ti, sou um PÁSSARO SEM ASAS. Minha alma não pode agir.
- Separado de ti, sou uma OVELHA PERDIDA. Minha alma não tem proteção.
- Separado de ti, sou uma NASCENTE SEM ÁGUA. Minha alma sempre ficará sedenta.
- Separado de ti, sou UM PEIXE ATIRADO À MARGEM DO RIO. Minha alma logo morrerá.
- Separado de ti, sou o CÉU SEM O SOL. Minha alma se perderá na escuridão.
- Separado de ti sou uma LÂMPADA QUEIMADA. Não cumprirei minha função. E assim, não beneficiarei ninguém.
(autor desconhecido)

Disse o Senhor Jesus: "Quem não ficar unido comigo será jogado fora e secará; será como os galhos secos que são juntados e queimados. Se vocês ficarem unidos comigo, e as minhas palavras continuarem em vocês, receberão tudo o que pedirem". João 15.6-7

                              Com carinho, Pastor Leandro Eicholz


terça-feira, 18 de outubro de 2016

O VALOR DA NOSSA VIDA

  João era o nome do empregado de certo fazendeiro que resolveu vender suas terras. João era pobre; seu trabalho era penoso, mas era muito honesto. Após alguns anos de trabalho, consegui guardar um bom dinheiro e comprou um pequeno pedaço de terra do seu patrão. Foi uma boa aquisição.
   Mais tarde ouviu falar de uma outra propriedade, não muito mais cara, um pouco para o oeste. Vendeu seus bens e instalou-se nela. Da mesma forma foi uma boa aquisição e a sua vida melhorou.
   Um certo viajante comunicou-lhe então, que mais longe, mais para o norte, podiam-se adquirir terras muito mais extensas e férteis, por um preço bem menor. E João deslocou-se para lá, acompanhado por um empregado seu. Quando ali chegou, lhe foi oferecido por uma bagatela, tanto terreno quanto ele conseguisse medir, desde o nascer até o pôr do sol.
   João delimitou tudo quanto pode e colocou marcos para assinar o que fora medido. Esgotou suas forças naquele dia. Havia parado somente para uma breve refeição. Formaram-se bolhas nos seus pés.
   O sol estava quase desaparecendo no horizonte. À custa de um último esforço, João consegui atingir a colina onde o vendedor de terras o aguardava. Sentia-se exausto. Suas pernas amoleceram, seus olhos escureceram, e ele caiu por terra. Estava morto! Ainda sob o impacto daquela morte repentina, o seu criado lhe cavou a sepultura, uma sepultura do se tamanho e não mais...                  (Devocionário S. Nascente)


   Para muitos esta história exemplifica muito bem o valor da vida humana. Porém, nossa vida não consiste em possuir muito, mas sim, em SER ALGO.
   Jesus diz que devemos em primeiro lugar buscar o seu reino e a sua justiça e, todas as outras coisas, serão acrescentadas. Quem não se lembra da parábola que Jesus contou a respeito do homem rico, que produziu com abundância, que iria construir novos celeiros para guardar tudo e, depois gozar a vida? "Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a alma; e o que tens preparado, para quem será?"(Lucas 12.16-21)
   Pensemos sobre isso!
Com carinho, Pastor Leandro Eicholz

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

O QUASE..


Opa, você já conhece o quase?
O quase é uma figura bastante conhecida. Ele costuma acompanhar o dia a dia de muitas pessoas: Eu quase consegui! Eu quase tirei dez na prova! Eu quase terminei o trabalho na hora marcada! Eu quase não posso acreditar!
Se você pensar bem, o quase não é meio caminho andado, mas é nada!
- Quem está quase salvo, na verdade ainda está condenado ou perdido.
- A temperatura quase quente na verdade está morna.
- Aquela laranja quase doce, nada mais é do que uma laranja meio amarga.
- O empregado que quase trabalha, na verdade é um preguiçoso.
- O salário que quase deu para o mês, na verdade faltou.
- A pessoa quase curada, na verdade ainda está doente.
- Aquela pessoa que quase chegou na hora do culto, na verdade chegou atrasado.
- O trabalho quase pronto, na verdade ainda não está.
- A janela quase fechada, na verdade ela ainda está aberta.
Em se tratando da fé, o quase é fatal. Você crê em Jesus como seu Salvador e Senhor? Então você será salvo. Você não crê ou o seu crer é apenas teórico? Você quase crê em Jesus como seu Salvador? Então, você na verdade quase,  ainda não está salvo.
Disse Jesus no Evangelho de João 11.25: "Eu sou a RESSURREIÇÃO e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente". Creiamos nisto! Amém
Com carinho, Pastor Leandro Eicholz
(ADAPTADO - Mensageiro Luterano)

terça-feira, 4 de outubro de 2016

A CERCA

Um menininho que tinha um mau temperamento. O pai dele deu-lhe um saco de pregos e disse que para cada vez que o menino perdesse a calma ele deveria pregar um prego na cerca.
No primeiro dia, o menino pregou 17! Nas semanas seguintes, como ele aprendeu a controlar seu temperamento, o número de pregos pregados na cerca diminuiu gradativamente. Ele descobriu que era mais fácil dominar a si mesmo do que pregar aqueles pregos na cerca.
Finalmente o dia chegou quando o menino não mais perdeu a calma. Ao falar a seu pai acerca disso, este lhe sugeriu que, para cada dia em que não perdesse a calma, tirasse um prego da cerca.
Depois que vários dias passaram o menino finalmente esteve pronto para dizer a seu pai que tinha retirado todos os pregos da cerca. O pai então o pegou pela mão e foi com ele até a cerca. Lá ele lhe disse:
“Você fez muito bem, meu filho. Mas veja só os buracos que restaram na cerca. Ela nunca mais será a mesma. Filho é assim que acontece quando você fala algumas coisas com raiva; elas deixam cicatrizes como os pregos deixaram sinais na madeira.
Você pode enfiar a faca em alguém e retirá-la. Não importa quantas forem às vezes que você disser "desculpe"; a ferida ainda continuará lá. Um ferimento verbal é a mesma coisa que um ferimento físico.
Filho, amigos são como uma joia preciosa mesmo. Eles te fazem sorrir e te encorajam e animam. Eles te escutam, eles te aconselham, e sempre estão prontos a abrir seus corações para nós. Cuida bem dos teus amigos filho; cuida bem do que tu lhes dizes. Lembra-te que palavras sábias, palavras carinhosas, palavras amigas fazem bem e conservam as amizades para sempre”.                                        (autor desconhecido)

Por isso,  lembrem-se sempre: nós temos o Amigo Maior que nunca falha: O Salvador Jesus. Ele, é o maior de todos os amigos,. Ele deu a vida por nós para que recebêssemos o perdão e a alegria de vivermos no amor.
Que o amor de Deus nos motive para que deixemos, com nossas atitudes e palavras, marcas de amor naqueles com quem convivemos no lar, na igreja e em nossos locais de trabalho. Amém.

Com carinho, Pastor Darcí S. Bartz